terça-feira, 4 de agosto de 2009

A SENDA DO GUERREIRO

A SENDA do praticante de arte marcial é a senda do poder interior.A prática deve ser ininterrupta com total comprometimento a uma missão, senso de direção. Este senso de direção, missão, foco, ajuda a superar os desconfortos, a dor ou as adversidades. O artista marcial deve estar sempre treinando , de uma forma ou de outra. Seu objetivo maior é o desenvolvimento até o nível da perfeição física, mental e espiritual.O caminho do guerreiro não permite que sua atenção se desvie muito do caminho.Sempre há um preço a pagar para se atingir um objetivo mais alto.A prática constante muitas vezes torna-se monótona , enfadonha, sem propósito , mas é quando nos lembramos do sentido da missão, do dever para conosco que retemperamos as forças e adquirimos a energia interior necessária para superar todas as dificuldades.Estabeleça metas e objetivos a curto prazo que o ajudem a superar diariamente as dificuldades cotidianas e não perder de vista o seu objetivo maior:superação de si mesmo, independente das condições que se antepuserem no caminho.
Como missão, também , podemos entender o auto-conhecimento, a auto-compreensão ,a superação do medo, e da doença. A perfeição é a fonte de inspiração e a motivação.
O Tao Te Ching ( " O livro da Senda" ).O Tao é o equivalente ao "Do" , uma "Senda de Vida", dedicada ao desenvolvimento dos recursos internos.A arte marcial é filha da violência, mas a finalidade é a harmonia e o fim do conflito. Entre a violência e a harmonia o artista marcial vai lapidando, moldando sua natureza bruta e se transformando numa pessoa capaz de "servir o mundo"( ética confucionista).

Um comentário:

  1. O blog está muito interessante professor! Continue postando!

    Nicolly

    ResponderExcluir